You tube

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Sabedoria nem sempre chega junto com a idade

Havíamos conversado por telefone e aquela pessoa, muito simpática que educadamente tomou algumas informações horas antes, estava agora diante de mim falando coisas que eu sei, mas que provavelmente não deixaria uma pessoa querida dizer sem no mínimo retrucar com alguma deselegância, mas como era um cliente, ouvi com bastante bom humor e até com alguma condescendência, também em respeito aos seus muitos cabelos brancos.

A cena foi no mínimo patética, mas demostra como as pessoas com idade mais avançada tem o dom de falar coisas sem noção e sem a menor preocupação com o estado de espírito do seu interlocutor.

Havíamos finalmente fechado negócio e repentinamente ele me olhou de cima a baixo, talvez procurando calcular minha idade (ou peso), não sei se chegou a fazer algum juízo a respeito, mas logo após breve apurada, disse sem dó nem piedade:

- Você é bonita, mas tá muito gorda, precisa fazer um regime!

Antes que eu pudesse fazer qualquer comentário, ele continuou:

-Emagrecer é muito fácil!! Voce tem que fechar a boca, ele dizia como que passando um ziper na mesma, e tomar um copo de água com algumas gotas de limão antes das refeições, ainda gesticulando...

Sempre achei que é muito fácil para as pessoas que não tem problema com o peso, aparecerem com soluções milagrosas para quem sempre brigou com a balança e saiu perdendo. Ainda assim, olho com piedade para elas, pois certamente não perderiam seu tempo dando receitas de sucesso para uma pessoa pela qual não tivesse algum tipo de carinho ou no mínimo afinidade.

Então sempre que ouço esses conselhos com simpatia, pois presumo que estou falando com alguém que de alguma forma gosta de mim.

Mais uma olhada, e finalmente resolveu perguntar:

-Que idade você tem?

-38, respondi um pouco constrangida.

Mas isso não o impediu de continuar o massacre...

-38? Mas porque tão acabada assim? Você é casada?

-Não, separada!

Então ele teve a constatação:

-Ah então é isso... Separação acaba muito com a mulher mesmo!

Cinco minutos depois eu estava contando e rindo do episódio com os companheiros de trabalho.

Embora deselegante e dizendo coisas que pessoas mais próximas talvez tenham vontade de dizer mas não dizem, fiquei pensando sobre as vantagens da idade, e contrariando o senso comum, nem sempre a sabedoria vem junto, com certeza os anos acumulados não trouxeram essa pérola para a existencia do camarada em questão, que claramente da grande importância ao aspecto físico das pessoas, mas que em nenhum momento as enxerga como seres humanos.
Defeitos são fáceis de apontar, talvez até proporcionem algum mórbido prazer, mas o que sempre me pergunto é porque as pessoas não melhoram sua própria existencia, enaltecendo e enfocando o que há de melhor ao redor?

2 comentários:

Soraya Cruz Wallau disse...

Nossa Beth, essa loja só te figura lendária...
Puxa-vida, qnd eu te incentivava a escrever não tinha noção de que vc era tão boa no negócio, simplesmente estou amando!!!
Bjo bem grande!

Anônimo disse...

necessario verificar:)