You tube

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Um bom dia, todo dia!


Caramba! Como é difícil começar a escrever!!!
Estou com o assunto inteirinho aqui, pronto e não consigo descrever em palavras
Poxa! Que frustrante!
Tenho que aprender a lidar com isso, pois já notei que me desestimula e quase sempre desisto.



O assunto é como os dias ficaram melhores depois que passei a mudar meu estado de espírito ao levantar. Eu tinha um péssimo costume de me sentir deprimida e triste assim que abria a janela e me deparava com um dia chuvoso ou frio e com a sensação de sono o dia inteiro se ainda estivesse escuro quando levantava. Já passava a me arrastar pelo dia, como se nada mais pudesse dar certo dali por diante, ficava irritada com o xixi do cachorro na entrada do banheiro, com a agua gelada na torneira, chamar minha filha umas duzentas vezes então, nem precisa dizer né?
O fato é que quando identifiquei esse comportamento, passei a prestar mais atenção ao que realmente estava me incomodando e começei a me policiar.
Consciente dos meus pontos fracos, nunca mais chamei a Ágatha sem primeiro, me assegurar que meu estado de humor está no mínimo bom, porque ele interfere dramaticamente na qualidade do dia dela também.
Então, quando sinto que estou relaxada o suficiente, dou o primeiro aviso:
-Filhota, hora de levantar, cadê meu sorriso de bom dia?
Como eu disse, é só o primeiro chamado, mas já serve para ele me dar aquela doce olhada com um ligeiro sorriso, o que me dá ainda mais ânimo para continuar com minhas tarefas.
A poça de xixi no banheiro dura apenas até o momento em que eu dou uma esguichada com o a mangueira do chuveiro com um pouco de cloro para garantir que o cheirinho não vai ficar pra me aborrecer mais tarde.
E a água gelada? Que água gelada heim?

Em resumo, ultimamente todos os dias tem sido iguais.
Mas a qualidade? Quanta diferença!

2 comentários:

Soraya Cruz Wallau disse...

Muito legal, Betchuska!
O dia não vai mudar pra q vc se sinta bem, vc tem q mudar pra se sentir melhor com ele.
Bjo bem grande!!! :D

Samara L. disse...

Deu inveja branca.
Beijos.